Home Dicas para aprender macramê Como começar a vender macramê

Como começar a vender macramê

264
0

Nesse blog post te ensinarei como transformar uma paixão numa fonte de renda, unir o útil ao agradável e te mostrarei o passo a passo de como começar a vender macramê.

O macramê é uma arte milenar, feita só com linhas e suas mãos, tecendo nós, e com ela é possível fazer inúmeras peças decorativas como painéis, bolsas, suporte para vasos de planta.

E essa arte está super em alta. Nos últimos anos, o interesse das pessoas no macramê tem crescido muito.

E, atrelado ao interesse das pessoas de conhecerem o macramê, e aprenderem essa técnica, está o desejo de comprar peças de macramê.

E é isso que quero falar com você!

Essa é uma grande oportunidade de aproveitar essas pessoas que estão buscando coisas artesanais, produtos diferentes, feitos à mão, para decorar sua casa ou presentear alguém. 

Seja boa no macramê

Saiba o que está fazendo.

Tenha domínio dos nós fundamentais. É importante ter confiança em fazer uma peça do início ao fim.

Pode acontecer de você fazer uma peça e ela ficar meio tortinha, o que é normal para quem está dando os primeiros passos no macramê.

Então, se você está iniciando no macramê, talvez não seja um bom momento para vender suas peças. 

Quando você começa a vender macramê, automaticamente, é criado um laço de responsabilidade com o seu cliente, que envolve a garantia da qualidade do produto que está vendendo.

O macramê precisa estar bonitinho, do jeito certo, para vender para alguém.

Não queremos transformar uma coisa relaxante, prazerosa, em algo que nos dê dor de cabeça, não é mesmo?!

Não espere estar 100% pronta

Uma vez que você consiga fazer os nós fundamentais com confiança, tem um repertório de peças que você consegue fazer, está na hora de começar a vender macramê.

Não fique com medo.

Você pode estar deixando de ter uma renda extra, de decorar a casa de muita gente.

Você pode estar perdendo uma grande oportunidade.

Então, uma vez que você se garante na parte técnica, está na hora de começar a divulgar o seu trabalho.

Espalhe a notícia.

Se ninguém vê a sua peça, ninguém compra a sua peça.

É preciso mostrar para o mundo que a arte que você produz está disponível para compra.

Talvez as pessoas mais próximas a você nem sabem que você faz macramê, muito menos vão saber que está vendendo.

Grite para o mundo “Eu faço macramê, amo essa arte, e agora, estou vendendo as minhas peças!”.

Muitos negócios de sucesso começam com pessoas próximas e com a família, e com o macramê não precisa ser diferente.

Essas pessoas te darão os primeiros feedbacks para o seu negócio, e também, as suas primeiras vendas.

Aproveite esses contatos que você já tem e deixe claro que você faz um artesanato que é lindo, que você ama, e que agora, você está vendendo.

E assim, convenhamos que, a melhor forma de você espalhar essa notícia é através da internet.

Ter uma presença online é, basicamente, ter uma vitrine, gratuita, onde você mostra seus trabalhos para o mundo e as pessoas podem te encontrar e se identificarem, e assim, comprar de você.

Validação real

Uma vez que você já tenha feito suas primeiras vendas para os amigos e familiares, está na hora de dar o próximo passo, que é:

Vender para alguém que não te conhece.

E quando você consegue vender para alguém de fora do seu ciclo, acontece a validação real, que é quando você realmente sabe que existe um interesse pelo seu produto de alguém que não te conhece, e simplesmente se apaixonou pelo seu trabalho.

Melhorando o seu negócio

Conforme as vendas vão se tornando constantes, você conseguirá alimentar o seu negócio com uma certa inteligência.

Qual a peça mais procurada? Colorida ou feita com cordão cru? 

Nesse momento, você entende detalhes do seu cliente que te ajudarão a direcionar melhor o seu negócio.

Aprofunde o conhecimento

Entenda que vender macramê envolve muitas coisas além de fazer a peça de macramê.

Ter um bom método de precificação, aprender sobre marketing, vendas, analisar se é interessante ter um site próprio, oferecer serviços personalizados.

Nesse momento, você se aprofunda em coisas que vão além do macramê, e assim, o seu negócio passa de um hobby e se torna uma marca, algo sólido no mercado.

Seja persistente

Estou te apresentando uma oportunidade de transformar uma paixão em uma fonte de renda.

Essa já é uma realidade para muita gente e pode ser para você também.

Então, continue, persista, porque você vai conseguir alcançar o objetivo, ganhar dinheiro e fazer as pessoas felizes através do macramê.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here