Home Tutoriais passo a passo Macramê para Iniciantes: Passo a Passo

Macramê para Iniciantes: Passo a Passo

901
2

Você já ouviu falar sobre macramê e ficou encantada, querendo saber como é possível fazer as peças?

Quais seriam os passo a passo para os iniciantes no universo do macramê?

Às vezes, olhamos para uma peça de macramê e adoramos. Achamos o trabalho incrível!

Porém, para quem ainda não tem muito conhecimento sobre essa arte milenar, pode ficar com muitas dúvidas.

E sabe qual é a maior dúvida para quem é iniciante? 

“Por onde eu começo?”. Pois é, essa é a pergunta que você provavelmente também já fez. Afinal, para quem ainda vai iniciar, é normal se questionar sobre como começar e terminar uma peça.

Nesse post reuni algumas dicas pra te ajudar nesse início de caminhada.

Organizei 5 passos importantíssimos que vão facilitar bastante seu aprendizado.

1º Passo: Os Nós

Antes de tudo você precisa conhecer os 5 nós principais. Não apenas conhecer mas também saber os nomes e saber como fazer cada um.

Isso é muito importante para você começar a criar suas peças. 

Aliás, se você souber trabalhar com esses nós, você será capaz de fazer muitos trabalhos de macramê. Porque, quando você conhece um nó, como ele é feito e o seu movimento, você passa a dominá-lo.

Dessa maneira, você trabalha com tranquilidade, sem precisar ficar olhando alguém fazer. 

Como dito anteriormente, são 5 nós fundamentais: a partir deles, todos os outros são feitos, o que permite criar uma infinidade de trabalhos no macramê. 

São eles:

  • Nó de laçada (o que prende os cordões na base antes de começar o trabalho). Em geral é o primeiro nó da sua peça.
1º Passo para iniciantes no macramê é conhecer os nós. Este primeiro nó se chama Nó de laçada.
  • Nó quadrado, ou nó duplo, tem como principal característica a sua versatilidade. Ele pode gerar vários padrões diferentes, como o sequencial, espaçado e/ou alternado.
1º Passo para iniciantes no macramê é conhecer os nós. Este painel é feito de nós quadrados
  • Nó escondido (também conhecido como nó de acabamento). Ele pode ser utilizado pra iniciar ou finalizar o trabalho, unindo várias linhas soltas.
  • Nó DNA (também chamado de nó espiral). Seu formato é como se fosse a cadeia de DNA.
1º Passo para iniciantes no macramê é conhecer os nós. Este enfeite natalino é feito de nó espiral
  • Nó festonê (te permite fazer desenhos com a linha). É um nó que é feito em cima de um fio-guia. E esse fio-guia é que determina o desenho que vai ser realizado.

2º Passo: Treinar os Nós

Assim como todo trabalho, o macramê para iniciantes exige prática.

Afinal, você precisa treinar uma nova habilidade que queira realmente aprender. E, para treinar, existe uma ordem, toda uma sequência.

Essa prática é direcionada: existe um professor, um especialista orientando, para que você faça os nós de tal forma que fique experiente em todos eles.  

O período do treino é muito importante, que você leva para toda a sua vida depois. E é muito importante sempre voltar a treinar, porque são esses exercícios que garantem a segurança.

Então, quando você for criar uma nova peça, vai fazer com tranquilidade. 

Se você já conhece, se você já domina o nó, pronto: ele não é nenhum mistério para você. E tudo isso acontece por meio dos treinos.

Ao mesmo tempo que você treina, você cria peças lindas!

Dessa forma, a cada treino, mais uma peça é feita e você sente mais segurança e confiança.

Em outras palavras: aproveite os treinos para se divertir também!

3º Passo: Conheça as linhas

Outro ponto muito importante no macramê para iniciantes é entender qual linha você vai usar no seu trabalho.

Além disso, você também precisa compreender quais são as características dela, pois isso te ajudará quando for treinas os nós.

Existem muitas linhas como por exemplo, sisal, lã, malha, barbante, fio sintético e o meu favorito, o cordão de algodão.

Conhecer as linhas vai permitir que você teste como cada nó responde em cada linha, suas texturas e seu comportamento.

E assim, descobrir qual é a SUA linha preferida.

É normal você olhar uma peça linda de macramê e já querer reproduzir. Dá até aquela vontade de ir a alguma loja para comprar a linha, não é mesmo?

Mas calma! Nesta fase do macramê para iniciantes, quando você ainda está dando os primeiros passos, você pode correr o risco de comprar a linha errada, além de comprar em maior ou menor quantidade. 

Lembre-se: tudo tem o momento certo. E, agora, o que você precisa é conhecer as linhas.

O 3º passo para o iniciante no macramê é conhecer os tipos de linhas.

4º Passo: Anote tudo em um caderninho e conheça as ferramentas que te auxiliarão a fazer o macramê.

Tenha um caderno para anotar todos os detalhes das peças que você fizer.

Anote detalhes como: -nome da peça

-qual tipo de linha

-quantos fios utilizados

-tempo de duração

-investimento

-tamanho final (medido em cm)

Essas anotações servem pra quando você tiver de realizar a peça novamente, ter uma base do que será necessário. Assim você não precisa cometer o mesmo erro várias vezes e consegue evoluir muito mais rápido.

Vai por mim, essa é uma dica de ouro!

Alguns materiais são sempre utilizados, e um deles é a tesoura. Para cortar as linhas com precisão, o ideal é que seja uma de boa qualidade.

Existem também os ganchos para pendurar as argolas ou a base do macramê. Esses ganchos podem ser colocados em um suporte, como uma arara.

Se você não tiver o gancho, pode fazer um de arame. Ou pode usar o gancho da rede que tem na sua varanda. Então você vai se adaptando. É usar a sua criatividade com o que você já tem em casa. 

Hoje, você pode até pensar: “Ah, mas não tenho uma tesoura afiada”.

Mas, nesta fase inicial, use a que você tiver. Dá para cortar as linhas até com tesoura escolar. 

É claro que, se depois você quiser realmente se dedicar ao macramê, essa tesoura escolar não vai dar conta por muito tempo. Na hora que você tiver que acertar uma franja, por exemplo, essa tesoura não será a melhor opção, por não ser a mais amolada.

Mas, para começar no macramê, não se esqueça: use o material aí da sua casa.

5º Passo: Do pequeno para o grande

Depois que você passou pelos 4 passos, chegou a hora de começar realmente a fazer.

Então a minha dica é: Comece por peças pequenas!

Quando nos apaixonamos por essa arte e vem aquela vontade de começar a fazer macramê, já imaginamos uma grande peça, como uma linda cortina.

É a primeira imagem que vem à mente. 

Mas te aconselho a começar, por exemplo, criando um chaveiro: 

Sabe qual é o maior segredo dessas peças menores? É possível terminá-las, mesmo que você ainda esteja nesse momento inicial da criação do macramê.

E o motivo de terminar uma peça é a satisfação que isso gera. Dá aquele orgulho ao olhar para o trabalho e pensar: “Que lindo! E fui eu que fiz”.

Quando você percebe que foi capaz de criar, naturalmente surge aquela vontade de fazer outra peça. E assim sucessivamente.

A peça pequena é ideal no macramê para iniciantes. É ela que permite que você tenha segurança. Afinal, você começou e finalizou um trabalho. 

Nelas você vai conseguir treinar e ter sua peça pronta com mais facilidade. Assim que já estiver craque nelas, você pode avançar com mais segurança.

Se o seu desejo é criar um painel grandão, comece fazendo pequenos painéis. Assim você vai ganhando segurança.

Imagine se você já parte para uma peça grande, em que é preciso usar, por exemplo, 10 rolos de linha.

Esse é um trabalho que leva tempo para ficar pronto, e você corre o risco de desanimar no meio do caminho. Porém, nesta fase inicial, o que você precisa é estar animada e orgulhosa do seu trabalho, com vontade de criar sempre mais.

Então, já sabe: comece por peças pequenas. Não tem erro!

Além disso, comece trabalhando com cordões e linhas diferentes.

Nessas peças pequenas, cada linha que você usa é uma oportunidade de sentir como ela se comporta com cada nó, e também de saber se foi agradável para você ou não. 

6º Passo: Siga um método

Esse é o passo mais importante de todos. Seguindo um método passo a passo você ganha tempo e aumenta muito as suas chances de sucesso no macramê. Para isso eu criei a Escola de Nós.

A Escola de Nós é o curso online de macramê que vai te ensinar a produzir suas próprias peças de macramê (sem depender de tutorial) em até 4 semanas.

Mesmo que você esteja partindo do absoluto zero.
Se você nunca fez nenhum artesanato, ou se acha que parece difícil demais.
Mesmo se você não tem habilidades manuais.
Mesmo que você não tenha tempo sobrando.

Com o conhecimento disponível nesse curso você vai poder se expressar através da arte e, de quebra, ter a oportunidade de presentear quem você ama, decorar sua casa, e até mesmo conseguir uma renda extra.

O macramê mudou a minha vida e é uma alegria poder compartilhar isso com você.

Como faço para aprender peças de macramê?

Recebo muitas mensagens me pedindo para ensinar a fazer uma bolsa, caminho de mesa, cortina, almofada. Essas peças que são as queridinhas de vocês.

Então resolvi de criar um cantinho, um lugar especial onde eu ensino todas essas peças.

Pensando em vocês, criei o clube de assinatura Mais Macramê.

O Mais Macramê é uma assinatura anual onde você terá acesso a tutoriais de macramês fáceis, práticos e exclusivos para você fazer na sua casa.

Todo mês um tutorial de macramê diferente. Se você entrar agora, já terá acesso ao tutorial da luminária, cama de gato, bolsa, caminho de mesa, asa de macramê, porta copos redondo…

Para saber mais, é só clicar no link: https://blogdomacrame.com.br/mais-macrame/

Estou ansiosa para te ter comigo nesse universo maravilhoso que é o macramê.

2 COMMENTS

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here