Home Dicas para aprender macramê Macramê para plantas: como fazer suporte para vasos?

Macramê para plantas: como fazer suporte para vasos?

554
0
Macramê para plantas

Na hora de decorar a casa, muitas pessoas gostam da ideia do macramê para plantas. Afinal, a ideia de ter um suporte de vaso em macramê deixa o ambiente mais estiloso e aconchegante.

No entanto, talvez você esteja se perguntando: “Mas, então, como fazer macramê para pendurar plantas?”. É sobre isso que vamos conversar a seguir. Confira no vídeo!

Qual a melhor linha para fazer suporte de planta em macramê?

Sim, essa é uma pergunta que eu recebo bastante: “Qual a melhor linha para criar o macramê para plantas?”. Sendo assim, para ajudar você, vou mostrar alguns suportes de planta que eu já fiz. E, além disso, quais são as linhas que eu mais uso e recomendo:

Cordão de algodão

Macramê para plantas com cordão de algodão

Na imagem acima, temos um cordão de algodão de 10mm. Ele é bem grosso e suporta o peso de uma planta pesada. Logo, é um cordão resistente. 

Cordões de algodão, mesmo que tenham espessuras menores, são uma ótima opção para macramê para plantas, desde que, é claro, sejam compatíveis com o peso de cada vaso. 

Além disso, o cordão de algodão tem um revestimento, que evita que os fios se desmanchem. Então, é um cordão firme, que normalmente não desfia.

Barbante

Macramê para plantas com barbante

O modelo acima é o barbante 24 fios, e ele é mais mole. Ao contrário do cordão de algodão, o barbante não tem aquele revestimento. Com isso, se você desenrola, naturalmente ele vai desfiando. Porém, ele serve, sim, para fazer o suporte de planta em macramê. 

Diferença entre o cordão de algodão e o barbante

Aqui, vou dar uma orientação importante, principalmente se você está iniciando os seus trabalhos no macramê. 

Quando estamos começando a criar as nossas primeiras peças, é natural errar. Aliás, isso não é problema nenhum. Então, o que acontece quando erramos? Recomeçamos. Ou seja: desmanchamos a peça e tentamos novamente.

No caso do cordão de algodão, quando você desfaz a peça, o cordão sequer fica marcado. Ele continua bonito, do mesmo jeito que estava anteriormente.

O barbante, porém, fica marcado. Além disso, à medida que vamos manuseando, ele vai se desmanchando. 

No entanto, vale lembrar: é possível, sim, fazer macramê para vasos de planta, criando um uma peça bonita com o barbante.

Assim como o cordão de algodão, você pode encontrar o barbante com diferentes espessuras. Contudo, também preciso compartilhar isto com você: se ficar na área externa da casa, conforme o tempo for passando, a exposição ao sol desbota o barbante.

Cordão São Francisco

Cordão São Francisco

O cordão São Francisco é diferente dos dois cordões que já mostrei anteriormente para você (cordão de algodão e barbante). Ele tem um leve brilho e, além disso, é torcido.

Caso você queira, pode desfiar esse torcido, garantindo um efeito bonito no final da peça. Mas, se preferir, pode selar as pontas com um pinguinho de cola, para que o cordão não abra. 

Sendo assim, para criar peças de macramê para plantas, o cordão São Francisco é mais uma opção resistente. 

Fio náutico

Suporte para plantas com fio náutico

O fio náutico tem um leve brilho. Uma das suas vantagens é que não retém água. Portanto, é indicado para ficar na área externa, como em varandas ou jardins, por exemplo. Desse modo, suporta os dias de chuva, assim como os dias de sol. 

No entanto, na hora de criar uma peça, é preciso entender que o fio náutico escorrega. Além disso, ele desfia. Então, é preciso queimar as pontinhas para fazer o acabamento.

Linha macramê

Linha macramê

É uma linha leve. Sendo assim, do mesmo modo que o suporte para plantas de macramê fica resistente, também fica leve. 

Porém, é importante saber que a linha macramê se desgasta na área externa. Então, não é a linha mais indicada para ficar exposta ao sol ou à chuva. Mas, para estar dentro de casa, garante um charme a mais na decoração.

Contudo, para quem está começando, eu não indico a linha macramê, porque ela desfia. Então, eu indico usá-la quando você já tiver treinado com outras linhas.

Cordão de algodão encerado

Cordão de algodão encerado

É mais uma opção resistente para criar o seu macramê para plantas. Se compararmos, ele é um pouco mais endurecido do que o cordão de algodão.

O cordão encerado é bastante usado na criação de bijuterias, como pulseiras e colares, por exemplo. Mas, para fazer um mini suporte de plantas, como na imagem acima, fica bem delicado.

Posso fazer macramê para plantas com fio de malha?

Fio de malha

O fio de malha tem elasticidade. Sendo assim, eu não o recomendo para fazer macramê para vasos de planta. Afinal, a partir do momento em que você tem uma plantinha na peça de macramê, eventualmente será preciso regar. 

No entanto, quando molhamos, o vaso fica mais pesado. Assim, vai esticando. Ou seja: o fio de malha vai cedendo; e o nó, abrindo. Ao longo do tempo, chega uma hora que o fio não suporta mais, e arrebenta.

Com isso, ele não é tão resistente quanto as outras linhas de macramê para fazer suporte de plantas.

O segredo de duplicar, triplicar e quadruplicar as linhas

Logo no início desta matéria, eu mostrei para você um modelo de macramê para plantas feito com barbante 24 fios. Porém, a boa notícia é que você pode criar suportes com os fios mais finos também. 

Este, aliás, é um suporte de plantas feito com barbante número 6:

Barbante para suporte de plantas

Para isso, o segredo é duplicar, triplicar ou quadruplicar o número de linhas. Então, é possível fazer suporte para vaso de plantas com barbante número 4, 6 ou 8, por exemplo. 

Com o barbante número 6, conforme mostrei na imagem acima, eu quadrupliquei. E, para que você não fique com dúvidas, vou explicar melhor:

Aqui, temos aquele mesmo modelo, que já mostrei no início da matéria: um suporte de plantas de macramê com barbante 24 fios. Para fazer esse suporte, eu usei 6 cordões:

Barbante 24 fios

Mas, para fazer um suporte semelhante com o barbante número 6, eu não poderia colocar só 6 fios, porque iria ficar muito fino.

Agora, como estou trabalhando com o barbante 6 fios, eu quadrupliquei o número de linhas. Afinal, 4 linhas de barbante 6 fios equivalem a 1 linha do barbante 24 fios (afinal, 6×4 = 24; basta você fazer a conta). 

E se for com o barbante número 8? Vamos triplicar o número de linhas, porque 3×8 = 24 fios. E, assim, temos o mesmo efeito.

Como molhar a planta sem danificar o suporte?

Primeiramente, você precisa ter um regador. Nesse caso, não use uma mangueira, correndo o risco de molhar o macramê para plantas sem necessidade. 

Sendo assim, você deve regar somente a plantinha, sem derramar a água pelo suporte:

Regador para suporte de plantas

Aliás, aqui vai uma dica: quando são suculentas, eu uso vasos sem furos, que são vedados. No entanto, quando é uma planta maior, que a água naturalmente escorre, eu uso um pratinho embaixo, evitando, assim, encharcar o suporte de macramê. 

O que você precisa saber sobre as argolas de madeira

Argolas de madeira

Ao criar um suporte para plantas, algumas pessoas escolhem as argolas de madeira. Então, é com essa argola que o suporte ficará pendurado em uma árvore, por exemplo.

Mas será que a argola de madeira é o melhor material para você usar para pendurar o seu macramê para plantas?

Eu fiz um experimento na área externa da minha casa: criei vários suportes de plantas, feitos com cordão de algodão, e o suporte era a argola de madeira. Pendurei em uma árvore.

Sendo assim, as peças ficaram por lá durante 8 meses, pegando sol e chuva. E sabe o que aconteceu? O cordão de algodão suportou bem, ficou um pouquinho sujo, como era o esperado, mas resistiu ao tempo. Porém, as argolas de madeira racharam ou quebraram. 

Desse modo, algumas alternativas para substituir a argola de madeira são estas: usar um arame, um gancho ou o próprio cordão de algodão. Nesse caso, você faz uma argola com o cordão de algodão e prende.

Porém, eu tenho uma solução ainda melhor para suporte de planta em macramê que fica na área externa: criar um punho de rede. 

Punho de rede: opção resistente para suporte de plantas

Punho de rede

Quem tem rede em casa, pode observar: no finalzinho dela, há esse punho, que você coloca no gancho. 

Sendo assim, você mesma pode fazer esse punho e ter um suporte de planta mais resistente.

Aliás, se você quer saber como criar um punho de rede, eu ensino neste vídeo:

Suporte híbrido: opção interessante de macramê para plantas

O suporte híbrido também é chamado de suporte de parede. Ele é híbrido por ser misturado: começamos a fazer como se fosse um painel:

Suporte de plantas híbrido

E, logo depois, tem o espaço para a planta. Por isso, então, é híbrido.

Suporte híbrido para plantas

Ao contrário do suporte de planta tradicional, que precisa de um espaço aéreo, o modelo híbrido pode ficar encostado na parede.

Porém, siga esta orientação: os suportes híbridos não são indicados para você colocar uma planta pesada. 

Qual medida um suporte de plantas deve ter?

Essa é uma dúvida que muitas pessoas têm. No entanto, a medida do suporte varia de acordo com o tamanho da planta e do vaso que você coloca na peça de macramê. Mas, para ajudar, eu resolvi fazer uma média. A seguir, mostro para você:

Mini suporte

Considero mini suportes modelos de 15 cm a 20 cm. A peça abaixo tem 18 cm.

Mini suporte para plantas

Suporte pequeno

São modelos de 30 cm a 40 cm. Este daqui tem 30cm. É um macramê para plantas pequenas, como suculentas, por exemplo. 

Suporte pequeno

Suporte médio

Um pouco maior, o suporte tem uma medida que varia entre 60 cm e 70 cm. 

Suporte para plantas de macramê

Suporte grande

Por último, considero o suporte grande a partir de 1 metro. O modelo a seguir é uma peça de 1 m 25 cm.

Suporte grande para vaso de planta

Suporte para plantas de macramê: passo a passo completo

Se você quer um passo a passo para criar peças de macramê para plantas, no meu canal, o Osana Macramê, no Youtube, você encontra vários tutoriais. E, aqui, vou indicar alguns vídeos para você. Assista a seguir!

Suporte de planta para iniciantes

Macramê para plantas: um suporte híbrido

Suporte para orquídea

3 mini suportes de macramê para plantas

Suporte macramê para plantas grandes

Aprenda a fazer macramê para plantas e muito mais!

Você sabia que eu desenvolvi um método, para aprender macramê, e ensino todo ele no meu curso online Escola de Nós?

Aliás, se você quer seguir todos os passos de uma metodologia e ter alguém que incentive o seu trabalho no macramê, então o meu curso completo pode ser para você! Nele, eu ensino macramê de uma forma descomplicada. Assim, você terá autonomia para criar suas peças, sem precisar ficar presa a um tutorial.

Além disso, o curso oferece um grupo fechado, exclusivo das minhas alunas. Por lá, elas compartilham trabalhos incríveis. E, o melhor: uma motiva a outra, com o objetivo de avançarem cada vez mais na arte do macramê.

Agora, se você ficou curiosa para conhecer o aprendizado e o talento das minhas alunas, vou mostrar para vocês alguns dos suportes para plantas que elas já produziram. 

5 ideias de macramê para plantas 

1. Suporte com fio náutico é indicado para o jardim da casa

Suporte com fio náutico
(Artista: Claudia Gaspar / Aluna Escola de Nós)

2. Assim como um modelo híbrido enfeita a parede do seu lar

Suporte híbrido de macramê
(Artista: Edna Ferraz / Aluna Escola de Nós)

3. A criatividade do macramê para plantas com nó pipa

Macramê com nó pipa
(Artista: Bárbara Siqueira Garcia / Aluna Escola de Nós)

4. Um suporte na cor preta deixa o jardim bem elegante

Suporte para vaso de plantas
(Artista: Eloísa Pedro / Aluna Escola de Nós)

5. Porém, dentro de casa, o macramê para plantas também fica incrível!

Macramê na decoração
(Artista: Luciane Kupsinskü Martins / Aluna Escola de Nós)

Então, o que você achou dessas sugestões? Agora, o próximo passo, é você criar o seu macramê para plantas. Assim você pode vender, presentear ou, claro, decorar a casa!

Como faço para aprender outras peças de macramê?

Recebo muitas mensagens me pedindo para ensinar a fazer uma bolsa, caminho de mesa, cortina, almofada. Essas peças que são as queridinhas de vocês.

Então resolvi de criar um cantinho, um lugar especial onde eu ensino todas essas peças.

Pensando em vocês, criei o clube de assinatura Mais Macramê.

O Mais Macramê é uma assinatura anual onde você terá acesso a tutoriais de macramês fáceis, práticos e exclusivos para você fazer na sua casa.

Todo mês um tutorial de macramê diferente. Se você entrar agora, já terá acesso ao tutorial da luminária, cama de gato, bolsa, caminho de mesa, asa de macramê, porta copos redondo…

Para saber mais, é só clicar no link: https://blogdomacrame.com.br/mais-macrame/

Estou ansiosa para te ter comigo nesse universo maravilhoso que é o macramê.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here